outroscaminhos @ 19:46

Qua, 31/10/07

   Olho à minha volta e vejo um Mundo cheio de coisas. Papel, canetas, prédios, casas, comida, água. Cresci com tudo. Estudo, luto por um curso, por uma vida melhor.

   Até aqui tudo bem. Mas de repente, começo a pensar que poderia não ser assim. Poderia ter sede e não ter água. Poderia ter fome e a única coisa para comer ser a terra seca que o tempo esqueceu. 

   É assim lá longe, naqueles países para onde as pessoas olham e simplesmente dizem: "Coitados!". Naqueles países onde vivem, melhor, deambulam, seres considerados Humanos apenas pelas suas características físicas. Aqueles seres que não sabem ler nem escrever, muitos até porque morrem antes de terem idade para isso. Aqueles seres que embora respirem o mesmo ar que nós andam descalços enquanto nós discutimos as marcas. Seres para qual o conceito de felicidade se resumiria a ter que comer e que beber...

  Chamo-lhe Seres não por não terem dignidade, mas porque os outros Humanos se esquecerem deles. Porque não os respeitam e porque não os reconhecem como tal.  

Eu sei que é difícil pensarmos nisto, e sei que a conclusão a que chegamos é sempre aquela questão "E que posso eu fazer?". Mas e se não ficarmos só por esta questão, se tentarmos arranjar respostas para ela e tentarmos mesmo fazer qualquer coisa? Eu também vou tentar, porque quero tentar.

E lanço o desafio: vamos todos arranjar respostas para esta questão e fazer com que pelo menos alguém se sinta melhor. Nós também nos iremos sentir. Para além disto não é preciso muito. Se calhar, muito menos do que estamos à espera...

Por isso digo: parem de ajudar África mas comecem a ajudar as PESSOAS do Mundo!!

.

 

 

 

 

Deixo uma sugestão: http://www.fundacao-ami.org/ami/seccao.asp?cod_seccao=54645

 

Amadeu Martins


sinto-me: com vontade de ajudar...

Sara Castro @ 21:44

Qua, 31/10/07

 

Adorei o texto e o vídeo está 5 .
Junto a minha voz à tua para gritar:
VAMOS PARAR DE AJUDAR AFRICA E COMEÇE-MOS A AJUDAR AS PESSOAS DO MUNDO!!!!
Espero que um dia não muito distante o nosso grito seja ouvido por todos e que todos deêm uma mão para ajudar os que precisam.

Beijos =)

Tiago Mendes @ 15:50

Qui, 01/11/07

 

Uns com tanto e a preocuparem-se com coisas insignificantes e outros com tão pouco. Devemos todos ajudar, mesmo que nos pareça pouco. Uma vez que o que para nós é pouco, é muito para outros. Bonito texto. Gostei também do vídeo .

Telma#9 @ 21:31

Seg, 05/11/07

 

Oh Amadeu nao se copiam textos dos livros pah!

(toma lá!)
bjinhs

flavio @ 17:37

Dom, 29/05/11

 

foi interessante e tenho um proposito pessoal que e ajudar pessoas e sou formador de cursos areas diversas e metalomecanica e autor de projecto nao divulgados porem ficaria granto de fazer parcerias para ver a melhor maneira de como ajudar actualmente moro no exterior europa ), mais ja estive em varios paises e pretendo um dia ajudar nao uma mais milhoes minha duvida e como pois nao disponho de verbas e apenas de boa vontade m fazer formaçao de pessoais para o mercado de trabalho. parabens flavio.351@hotmail.com

Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
18
20

22
24
27

28
29


Encontre o caminho
 
blogs SAPO