outroscaminhos @ 18:56

Sab, 30/08/08

Invade-me e sacode-me o que se chama medo.

O tempo que passa lentamente
E a resposta sem vir
Medo dela ou do caminho a seguir.
 
Finjo que nada me irá afectar
Ou que o bom acontecerá.
Já não sei o que pensar.
Apenas com a resposta o destino se cumprirá.
 
Anseio que a espera cesse
Tendo medo do que o fim me fará.
Espero pela resposta que eu quero,
Acreditar na sorte que ela virá!
 
Medo de pensar.
Medo de agir.
Medo de perder.
Medo de não conseguir!
 
Tiago Mendes
 

sinto-me: à espera
Tags:

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29

31


Encontre o caminho
 
subscrever feeds
blogs SAPO