outroscaminhos @ 22:07

Sex, 23/05/08

 

Há dias assim,
Em que tudo gira ao contrário,
Em que tudo acontece sem dever
Ou por dever sem querer.
 
Dias em que o dia mal começa
E a noite mal acabou.
Momentos trocados,
Lágrimas sufocantes.
 
Estávamos lá, na hora errada.
O olhar de angustia perdido no tempo,
O sorriso estranho
Num quase cinismo.
 
Já pouco nos resta fechar os olhos,
Fingir gestos e palavras
Esconder o medo.
Já pouco nos resta.
 
 

Nádia Abrantes



De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13


25
28
30


Encontre o caminho
 
subscrever feeds
blogs SAPO