outroscaminhos @ 16:31

Dom, 21/10/07

 

Muitas vezes fechamos os olhos para o que nos faz sofrer ou então, num acto de desespero, viramos as costas. Mas tudo isto para quê? Se apenas a lembrança, a simples recordação, dói mais do que a realidade física.

         Com o passar do tempo, a dor acumula-se e arrependemo-nos do que fizemos. Por isso, nunca devemos fechar os olhos ou, então, simplesmente não olhar para o que nos envergonha, para o que nos dói e para o que nos causa repulsa. Mas sim enfrentar, lutar e ajudar, para que os remorsos não sejam como uma voz, que nos mata lentamente.

         Poderemos pensar que a melhor hipótese é fingir que aquilo que não quisemos ver nunca existiu, porém nunca ninguém nos disse que não ver é o melhor remédio e já o povo diz, há décadas, que o pior cego é aquele que não quer ver.

         Por tudo isto, abram bem os olhos já que pode haver um milagre e a dor transformar-se em alegria e harmonia mental.

 

Tiago Mendes, nº10, 12º7

 

 

           

              



Ana Margarida Pedro nº 27 @ 19:15

Ter, 23/10/07

 

Fugir para quê? Virar as costas ao mundo para quê?

Mais vale a lágrima da derrota do que a vergonha de nao ter lutado.

Bonito texto concordo contigo...

Beijinhos*


Amadeu Martins @ 15:53

Qua, 24/10/07

 

Fechemos ou não os olhos, os problemas estão lá, e acabam sempre por vir ter connosco. A melhor solução é ver-mos tudo pelo lado positivo.
Não é fácil, mas possível.
'Tas lá!!!

Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
18
20

22
24
27

28
29


Encontre o caminho
 
blogs SAPO