outroscaminhos @ 17:15

Sab, 26/01/08

 Este vídeo é digno de ser visto, para quem não teve oportunidade de ver no telejornal. Isto podia ser uma brincadeira, mas sinceramente não o é. Vá, não é pelo facto de estar um homem a morrer ou quase morto, até porque a rapidez e eficiência superam tudo isso...

 

Amadeu Martins

 

 

 

 


sinto-me: com medo de precisar do 112

Tiago Mendes @ 18:47

Sab, 26/01/08

 

Até parece um sketch do Gato Fedorento. Vê-se a falta de organização e comunicação do nosso sistema nacional de saúde.
Ainda bem que o senhor já estava morto porque se não estivesse iria sofrer muito mais à espera da ambulância .

Amadeu Martins @ 18:49

Sab, 26/01/08

 

Pois é o homem morreu porque quis, porque antes de cair das escadas devia ter ligado para o 112 com duas horas de anetecedência, ou então mandar uma carta com aviso de recepção.

Coitados de nós que estamos integres a este serviço nacional de saúde.

Ana Margarida @ 21:28

Sab, 26/01/08

 

Não se trata de um problema só do INEM mas sim das corporações de bombeiros nomeadamente as das terras mais pequenas.. que fazem sair ambulancias com apenas um tripulante quando segundo a lei deveria ser dois, sendo que o segundo deve acompanhar sempre a vitima na celula sanitária e nao ir á frente a conversar com o colega do lado, pois a situação da vitima tende a alterar-se e pode mesmo vir a perder a vida .É vergonhoso que em pleno sec XXI existam ainda corporações sem bombeiros com formaçao de TAS( sim porque para andar no inem como tripulante é necessário TAS superior ao TAT ( tripulante de ambulancia e transporte) e que não tenham bombeiros sufecientes para assegurar serviços básicos.
Tendo em conta que a cadeia de sobrevivência tem 4 elos ( acesso precoce ao sistema; SBV( suporte básico de vida)precoce; desfribiliação precoce e por fim SAV( suporte avançado de vida) se houver a quebra num dos elos a vitima morre, ja para nao falar de que ao 6 minuto após a vitima ter entrado em paragem a hipotese de sobreviver é de 11 %, podem imaginar.

É triste que devido a esta perca de tempo entre CODU-CORPORAÇOES DE BOMBEIROS, as vitimas morram.Infelizmente ja fui para paragens e chegamos la ao minuto e ja n houve nada a fazer por isso imaginem com esta perda de tempo.*



Ana Pedro


Ângela @ 11:32

Dom, 27/01/08

 

Ana Margarida és bombeira?
Pelo menos foi o que entendi.
Percebes bem do assunto.
Concordo contigo. Todos os bombeiros primeiro que tudo haviam de ter uma formação para tal. E o governo deveria assegurar que existe condições e bombeiros suficientes nas corporações para prestarem um serviço de auxiliar bom e não suficiente e muito menos razoavel. Nós somos pessoas, não somos uma coisa qq e se precisarmos de auxilio médico deveriamos ter rápidamente.

Bem isto tudo para dizer que concordo com tudo o que dizes.

Beijinhos.


**** @ 13:16

Dom, 27/01/08

 

oh miga sejamos realistas... O primeiro bombeiro nem parecia ter a 4ª classe... Para além da incapacidade funcional da corporação revela-se um verdadeiro manjar de ignorantes... "tao e o k é k eu faço agora?" Isto não é resposta/pergunta que se dê/faça... Quer dizer temos uma pessoa que, se n está morta, só o tempo da chamada telefónica é suficiente para que tal aconteça... Ao menos dirigia-se logo um bombeiro sozinho para lá a fim de fazer o SBV... Quando a outra ambulância dos bombeiros lá chegasse talvez a probabilidade de sobrevivência não fosse de 11% mas se calhar de 15%...


Ângela @ 16:09

Seg, 28/01/08

 

Olá de novo Ana. Já tens resposta no meu blog.
Beijinhos.

ANA @ 00:10

Sab, 09/02/08

 

POIS É, FALAR É MUITO FÁCIL QUANDO NÃO SE ESTA NA SITUAÇÃO.
SE QUEREM QUE OS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS (VOU REPETIR) VOLUNTÁRIOS SEJAM MAIS COMPETENTES PORQUE NÃO LHES ARRANJAM MAIS APOIOS, É QUE O GOVERNO OPTA POR ENCERRAR OS HOSPITAIS E OS SAP´S MAS NÃO SE LEMBRA DE DAR APOIOS AOS BOMBEIROS COMO POR EXEMPLO CURSOS, TRANSPORTES ADEQUADOS E TAMBÉM QUARTÉIS COM CONDIÇÕES MÍNIMAS PARA SE PODER ESTAR L À ..AGORA QUANTO À SENHORA DO INEM TAMBÉM TENHO A DIZER QUE QUANDO SE TRATAR DE UMA EMERGÊNCIA PARA TER MAIS CALMA E LEVAR AS COISAS A SERIO POIS NÃO ESTA EM CASA, ESTA A ATENDER UM TELEFONE DE CHAMADAS DE EMERGÊNCIA .

Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17

20
22
23

27
30
31


Encontre o caminho
 
blogs SAPO