outroscaminhos @ 19:11

Ter, 09/10/07

                 

Há várias alturas na vida em que temos que optar por um caminho a seguir. Nunca sabemos ao certo quando essa altura vai chegar nem nunca estamos, verdadeiramente, preparados para esse dia. Talvez a primeira altura em que nos vemos confrontados com esta difícil tarefa seja agora.

Estamos a terminar um ciclo, talvez um dos mais importantes, e avizinham-se decisões difíceis que temos que tomar sozinhos. Temos que decidir aquilo que vamos ser quando “formos grandes”, aquilo em que vamos trabalhar, o local onde vamos estudar e tantas outras coisas que quase perdemos a conta. O pior de tudo, é que como crescemos tanto nestes últimos tempos, já somos nós a decidir, praticamente, tudo sozinhos, assumindo assim a responsabilidade daquilo que nos aconteça no caminho que escolhemos. A única coisa que nos pode servir de consolo é que nenhum caminho e definitivo, havendo sempre outros caminhos a que podemos recorrer.

Também não nos devemos esquecer que não vamos fazer esse caminho sozinhos e quando a certa altura nos perdermos e nos sentarmos no chão com um ar desesperado sem saber para onde ir, haverá sempre alguém especial que se sentará ao nosso lado nos consolará e nos ajudará a levantar para podermos continuar o nosso caminho. A essas pessoas especiais devemos sempre agradecer e estimar porque são elas que tornam possível a nossa longa caminha, uma vez que se elas não existissem, provavelmente, não valeria a pena caminhar para lado algum. A todas essas pessoas um grande obrigada! 

 

 

 Ana Silva nº 3 12º7

 

 

 



Amadeu Martins @ 19:34

Ter, 09/10/07

 

Tanto tempo passou! No passado dizíamos "quero ser médico", ou "quero ser bombeiro", mas não sabíamos o que realmente queríamos. Agora o "quero" torna-se mais exigente, torna-se uma certeza e não uma dúvida.
O problema desse caminho é que está cheios de sinais de proibição, buracos que dão cabo dos amortecedores e limites de velocidade muito rigorosos. Faz parte! Cabe a nós sermos uns bons condutores de nós próprios.
No entanto existem as tais pessoas, aquelas "pessoas especiais" que nos ajudam a conduzir. Mas será que existem para todos? Não sei. Aprendi a decidir sozinho, a conduzir sozinho...
Mas às que existem o meu agradecimento.


Terry C. @ 19:19

Qua, 17/10/07

 

caminhos...
na realidade quando tiveres de dar um passo em frente, vais saber, inatamente.
quanto ao resto tu lá sabes...

Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
18
20

22
24
27

28
29


Encontre o caminho
 
blogs SAPO