outroscaminhos @ 16:52

Dom, 13/04/08

Hoje o sol não nasceu para mim. Parece tudo muito escuro, sem brilho. As cores perderam aquele brilho especial e os cheiros já não sabem ao mesmo.

         Não entendo porque é que o sol hoje não apareceu, não percebo o que lhe fiz para se zangar comigo, mas sei que me faz falta. Faz-me falta a sua doçura, a sua atenção, o seu conforto. Faz-me falta uma palavra amiga, um elogio, uma carícia ou até um simples motivo para dar uma boa gargalhada.

         Hoje falta-me aquela energia que me move quase todos os dias, que me faz ver o mundo com cores e cheiros bons que nem sempre existem. Hoje não estou doce, nem alegre, nem simpática, nem sorridente, nem bonita, e tudo isto porque o sol não nasceu para mim.

         Não gosto nada destes dias sem sol. Mas ainda há algo que me consola: a certeza de que amanhã o sol voltará a nascer. Afinal de contas, ele não pode estar assim tão zangado comigo. 

      

                                    Ana Silva



Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

14
16

20
24
26

27
28
29


Encontre o caminho
 
subscrever feeds
blogs SAPO