outroscaminhos @ 11:18

Sex, 15/02/08

 O nosso grupo decidiu mudar de tema uma vez que o antigo não estava a correr como planeado, o que levou ao desinteresse por parte do grupo. Decidimos, então, falar acerca da emergência pré-hospitalar, por ser uma área de que nós gostamos muito e que tem sido vítima de vários erros em Portugal ( Epor exemplo, o caso polémico de Alijó).

   Seguidamente apresentamos uma notícia que lança o debate sobre esta questão polémica:

"INEM vai traçar rede nacional de ambulâncias

2008-01-29 08:30 by Carlos Santos

Fragilidades do sistema vão ser debatidas pelo INEM e pelos bombeiros

"O Governo vai organizar uma rede nacional de ambulâncias que permita prestar um socorro pré-hospitalar com qualidade. A proposta deverá ser apresentada pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) dentro de três semanas e será depois debatida pelos vários intervenientes na rede de emergência pré-hospitalar.

Foi esta a decisão anunciada ontem pela secretária de Estado Adjunta e da Saúde. Carmen Pignatelli falava no final de uma reunião de urgência, motivada pelos acontecimentos de Alijó, que sentou à mesma mesa a governante da tutela da Saúde, e Ascenso Simões, secretário de Estado da Protecção Civil. Do lado do Ministério da Administração Interna (MAI) estiveram ainda a Autoridade Nacional de Protecção Civil e Duarte Caldeira, da Liga dos Bombeiros Portugueses.

Carmen Pignatelli afirmou ainda que "estão criadas pontes para trabalhar em conjunto" mas alertou que as insuficiências do socorro pré-hospitalar não se corrigem todas num dia. Um primeiro passo para debater estas fragilidades e para corrigir insuficiências como as que têm originado as situações dos últimos dias, é a reunião que decorrerá na próxima semana. Dia sete haverá um encontro da comissão criada para avaliar o protocolo que foi assinado em Maio do ano passado entre a Liga dos Bombeiros, a Autoridade Nacional de Protecção Civil e o INEM.

Depois de reavaliado o protocolo e identificadas as fragilidades serão propostas medidas para corrigir o problema, assegura o Governo

Para a Liga dos Bombeiros Portugueses este é o momento chave para resolver de uma vez por todos a tensão entre bombeiros e INEM. "O incidente de Alijó e o impacto gerado na opinião pública criou a oportunidade de debater a fundo este problema", afirmou Duarte Caldeira, frisando a necessidade de redefinir os procedimentos de comunicação.

Reacções em Alijó

O presidente da Câmara de Alijó avançou também ontem que vai reivindicar junto do ministro da Saúde uma "solução integrada para a saúde" do concelho, que "idealmente" deveria passar pela criação de uma urgência básica. O socialista Artur Cascarejo disse à Agência Lusa que vai reunir com o ministro Correia de Campos, "seguramente" ainda no decorrer desta semana, embora ainda não esteja agendada data oficial.

"Pretendemos fazer valer os nossos argumentos junto do senhor ministro para que, de uma vez por todas, se resolva este problema da saúde no concelho de Alijó", afirmou.

O pedido de assistência de uma família de Castedo, em Alijó, para um homem que acabou por falecer na madrugada do dia 22, evidenciou a descoordenação dos meios de socorro naquele concelho, desde os bombeiros ao INEM. "

 in Diário de Notícias

 

 

       Ana Pedro e Marta Gonçalves

 

 



Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
16

21

24
25
28


Encontre o caminho
 
subscrever feeds
blogs SAPO