outroscaminhos @ 20:24

Sex, 18/01/08

O pouco contenta-se com o pouco mas procura o muito. O muito vive do e para o muito. O pouco abrange o horizonte e todo o azul, frio ou quente, que surge no suspiro humano. O muito é opaco porque é preenchido por pequenos nadas.
E tu, tu és muito. Porque és um pouco feliz e vivo. Sobreviveste-te. Quando te enfrentaste ao espelho e os teus olhos enxergaram uma realidade maior que o céu, sorriste à fragilidade. E quando os teus ouvidos notaram a existência do som perfeito, o teu espírito procurou a imperfeição harmoniosa da natureza que vive. Nada do que existe é perfeito. E só é belo por isso. Perfeição é desumanidade. Encontras a perfeição filosófica na imperfeição que sabes que rodeia o Tudo.
És o pouco que enche a alma com o cheiro das flores, o sabor do vento. És feliz com o pôr-do-sol. Pedes pouco da vida, tornas o nada em harmonia. Sobreviveste-te.Tudo começa do nada, do átomo. Ter consciência disto é ser infeliz para almejar a felicidade. Claro como a água, difícil de aceitar como a violência do mar. A tua simplicidade tão pura, tão pouco naif devolve-me a mim. As luzes superficiais de tão citadinas apagam-se e eu vejo-me a mim, como quando me enfrentei no espelho, o eu que às vezes é morto.
O pouco é sempre melhor que o muito. O pouco que és traduz-se num Orfeu moderno. E dou-te o meu braço com toda a força humana que nele há para que não hesites, não olhes para trás. Apoio-te com o meu sorriso leal. Porque és o pouco que me lembra que também sou pouco. E eis que, então, eu sinto a espuma das ondas do mar nos dedos. Sinto a textura azul. O mar tem um som azul, um cheiro azul, um toque azul. Porque somos pouco. E desejamos morrer em paz .
                                                
Maria Inês
Para a Marta



outroscaminhos @ 11:09

Sex, 18/01/08

A música que toca os nossos corações!  Amo-te! :P
un fala ma bo
bo fala ma mi
ta ouvi
oh noo
un compreende
bo entenden
no pode arrancar
pa terceiro mudança
lá no ta
conversa mas un pouco baby
encosta mas pertinho
dam un beijo
kuantos vezes bo kre sexy
tudo é possivel nes fase ki no ta
conversa mas um pouco baby
encosta mas pertinho
dam un beijo kuantos vezes bo kre sexy
no leva es mundo na descontra

bo é kel anjer
tá completan
yeah yeah 
bo é kel anjer
tá completan 
yeah yeah
tudo cuza ki bo faze é ok pa mi
vestido bonitinha todo dia pa mim
e kuando bo ta sorri pa mim
sol tá brilha na bo ojhos

eles está dizen kem ta espia..bo tá ojha
a mi jan meste procura ma mi
com td ki un kis na amor
já un otchan na bo
no bai
conversa mas un pouco baby
encosta mas pertinho
dam un beijo
kuantos vezes bo kre sexy
tudo é possivel nes fase ki no ta
conversa mas um pouco baby
enconsta mas pertinho
dam un beijo kuantos vezes bo kre sexy
leva es mundo na descontra
bo é kel anjer oh oh 
tá completan
yeah yeah 
bo é kel anjer oh oh
tá completan yeah yeah

tudu ki un kis na vida já un otchan
jan ka meste procuran 
abo é ki nha anjo nha guarda
nunka mas un ta largan
tudo ki un kre na vida já otchan
jan ka meste procuran 
bo é ki nha anjo nha guarda
nunka mais un largan 

conversa mas un pouco baby
no bai
encosta mas pertinho
no bai
dam un beijo
kuantos vezes bo kre sexy
no ta levan es mundo manera ki bu kizer
bo é kel anjer oh oh
tá completan yeah yeah 
bo é kel anjer oh oh
tá completan yeah yeah
bo é kel anjer oh oh
tá completan yeah yeah
bo é kel anjer oh oh
tá completan yeah yeah
MArtinha,nº29

música: Nelson Freitas - Kel Anjer


outroscaminhos @ 10:20

Sex, 18/01/08

Noite escura

Noite sem fim

Deito-me a pensar em ti

Naquilo que dizes sentir por mim...

 

O amor que eu adoro

Só tu me soubeste dar

Tenho saudades dele

E de tudo o que não vai voltar!

 

Diz-me o que queres...

O que queres de mim!

A partir do momento em que erraste

Um novo caminho tu traçaste...

 

Noites "contigo"

Quero para sempre perdê-las...

Ainda te lembras:

"Olha o céu! Vamos fazer os nossos nomes com as estrelas!"

 

I know I made a mistake
Now it's too late
I know she ain't comin back
What I gotta do now
To get my shorty back
Ooo ooo ooo ooooh

 


 

 

 

 

  

 
Telma #9 

 

 

 
 

sinto-me: Piegas e Lamechas
música: Let it burn- Usher

Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17

20
22
23

27
30
31


Encontre o caminho
 
subscrever feeds
blogs SAPO