outroscaminhos @ 22:20

Qua, 14/11/07

Não, não é cansaço...
É uma quantidade de desilusão
Que se me entranha na espécie de pensar.
(...)

Não. Cansaço porquê?
É uma sensação abstracta
(...)

Qualquer coisa como um grito

Por dar,
Qualquer coisa como uma angústia

Por sofrer,
Ou por sofrer como...

Sim, ou por sofrer como...
Isso mesmo, como...
Como quê?
Se soubesse, não haveria em mim este falso cansaço.
(...)

Porque oiço, vejo.
Confesso: é cansaço!...
                                                                  

                                                                   Álvaro de Campos

 

 

 

Nádia Abrantes

 

 



Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
17

21
24

26
28
30


Encontre o caminho
 
subscrever feeds
blogs SAPO