outroscaminhos @ 10:48

Sex, 23/11/07

Estranhamente, pergunto-me porque queremos sempre aquilo que não temos, aquilo que nunca podemos ter. Lutamos  e damos tudo por pessoas que nada merecem e àqueles que o merecem temos tendência a desprezar. E os risos escondem-se na memória e as lágrimas espalham-se nas mãos. Sofremos por não saber em quem confiar, sofremos porque não sabemos quem amar, sofremos porque amamos quem não nos merece e sofremos porque gostaríamos de amar aqueles que nos amam de verdade sem nos pedirem algo em troca. Cada palavra parece ser uma sentença de morte, cada suspirar parece ser o derradeiro, cada traço de solidão pede a morte como final. A alma pode ser um pedaço negro se deixares, o coração um nicho de monstros. Abre as asas e voa, o céu tem de ser o limite. Não deixes que o mundo te corte as asas, eles não sabem o que é viver. Afinal, eles nem SABEM o que é voar!

"A vida é uma peça de teatro que nao permite ensaios", por isso Viva intensamente!*

Ana Margarida Pedro



De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
17

21
24

26
28
30


Encontre o caminho
 
subscrever feeds
blogs SAPO