outroscaminhos @ 19:48

Ter, 20/11/07

Lembro-me de ti, pequena, na rua da minha avó a transportar paralelos de um lado para um outro. Foi assim que te conheci. Ingénuas e inocentes, com muitas brincadeiras criámos um laço de amizade único. Passámos tardes a fazer mistelas com ovos podres, terra, e plantas..fizémos muito chá para as nossas bonecas, fomos muitas vezes até á piscina de plástico! Os anos foram avançando, começámos a trocar as bonecas pela rua, pelo café, pelos passeios, etc..

Mas houve um ano em que tudo mudou. Nós realmente crescemos, estavamos diferentes, e a nossa amizade transformou-se em companherismo, partilha, amor e, acima de tudo, em magia! E a partir desse momento passaste de amiga a amiga e "mana". Passaste a ser a minha ponte, passaste a ser a menina dos meus olhos! Partilhámos momentos muito fortes, muito tristes, muito felizes e muito assustadores. Ultrapassámos tudo juntas e vamos continuar a ultrapassar e isso é a prova de que a distância nunca foi obstáculo para nós! Hoje, como nos outros dias, tive a necessidade de te poder dizer isto mais uma vez. E o único motivo que te posso dar é que...eu ADORO-TE e que tenho por ti aquele AMOR incondicional! E, para terminar...dedico-te esta letra:

 

Tribalistas - "Velha Infância"

Você é assim
Um sonho prá mim
E quando eu não te vejo
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito...

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor...

E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância...

Seus olhos meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só...

Você é assim
Um sonho prá mim
Quero te encher de beijos
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito...

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor...

E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância...

Seus olhos meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só...

Você é assim
Um sonho prá mim
Você é assim...(3x)

-"Você é assim
Um sonho prá mim
E quando eu não te vejo
Penso em você
Desde o amanhecer
Até quando me deito
Eu gosto de você
Eu gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o teu amor"

 

Eu vou estar sempre contigo Mana ='D

 

Nádia Correia



Diana Ribeiro @ 21:14

Ter, 20/11/07

 

Ao longo da nossa vida conhecemos muitas pessoas...pessoas que vao...pessoas qe vêm...pessoas que ficam...Existe um tpo de pessoa, qe n tem classificação, n se pode definir...è algm a qem devotamos um imenso carinho, um amor incondicional...dá-mos o nosso melhor por essa pessoa...choramos...rimos...trocamos cnfidencias...discussoes...olhares...cumplicidade...brincadeiras...Td isso cm o unico objectivo de vermos essa pessoa FELIZ, pois essa pessoa, pode n saber, mas tem um valor incalculavel para nós...dariamos a vida por ela...sofremos cm os problemas dela...a felicidade dela é a nossa felicidade...
Muitas vezes sem nos aperecebermos vamos comentendo erros, vamos criando um afastamento...qe nem smp conseguimos explicar...talvez é o rumo qe a vida leva...nem smp dizemos a essas pessoas o qnto sao importantes, o qnto gostamos delas...o qnto precisamos delas...por vezes surgem cnflitos, problemas e acabamos por perder essas pessoas sem termos a opotunidade de lhe termos dito o qnto elas sao essenciais...
A nossa amizade, ultrapassa tdas as barreiras...ultrapassa os problemas, a distancia...
Cresci ctg a meu lado, cm a nossa amizade, qe me é tao essencial...
è parte de mim...TU, és parte de mim...
N interresa o quao maus parecam os problemas, sei qe estamos juntas e se assim é, nd nos derrubará....MINHA MANA, MEU PILAR, MINHA BEST...


Adoro-te tanto:´D


P.S-nem smp as palavras conseguem exprimir o qe relamente sentimos mas axu qe uma so palavra pode dizer td: Eu amo-te Nádia Correia...



Joana Beites @ 22:36

Ter, 20/11/07

 

ternurento :)

Amadeu Martins @ 16:28

Qua, 21/11/07

 

simplesmente sincero... muito giro.

Inês @ 15:27

Seg, 26/11/07

 

Ai Nádia! Tá fixe Ovelha =)

Ferreira @ 17:16

Seg, 26/11/07

 

Porque não dizermos aquilo que sentimos? Fizeste-o. Fizeste-o bem!

Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
17

21
24

26
28
30


Encontre o caminho
 
blogs SAPO