outroscaminhos @ 19:47

Seg, 31/03/08

   Existe muita publicidade e muitas campanhas acerca do dar medula mas penso que as pessoas não estão sensibilizadas para esta causa. Quando falamos em dar medula pensamos logo em operações, transplantes e coisas que só mesmo quando precisamos, só mesmo quando estamos doentes e sabemos que a nossa vida está em risco, é que aceitamos. Mas o dar medula óssea não tem nada a ver com essas coisas mais complicadas e desagradáveis para as quais o nosso pensamento nos leva.

  Existem milhares de pessoas que precisam de medula óssea, que sofrem de doenças que não têm cura, que só têm dois caminhos distintos: ou encontram um dador e salvam-se, ou morrem na injustiça daqueles a quem a sorte abandonou.

  Doar medula não é doar um rim, um pulmão ou até mesmo sangue. O processo é muito mais simples do que se possa imaginar e, com pequenos passos, podemos contribuir para salvar alguém, mesmo que essa pessoa nunca saiba que fomos nós, mesmo se, apesar de todo o esforço, as coisas correrem mal,. Mas pelo menos tentámos mudar uma situação, contribuímos de algum modo para a vida, evitando uma morte.

  Assim, o processo de doação de medula é prático e eficaz. Primeiro é importante ter mais de 18 anos, depois preencher o inquérito do link que está no final deste texto, enviar para o centro de histocompatibilidade do Sul e aguardar. Posteriormente é-se contactado e faz-se uma análise de sangue. UMA SIMPLES ANÁLISE. Se se verificar compatibilidade com  alguém serão precisas mais análises, mas não passa disso, análises. No final e se se confirmar a compatibilidade o processo é tão simples como dar sangue. Uma agulha espetada numa veia e uma máquina que retira as células da medula, devolvendo-nos o resto do sangue.

  É simples e não gastamos nada. Apenas um pouco do nosso tempo e da nossa atenção. Mas será que é preciso vermos o estado das pessoas que necessitam de um dador para percebermos o desespero, a realidade em que vivem, como muitas vezes a vida lhes foge minuto a minuto. NÃO! Temos que mudar esta realidade e fazer qualquer coisa.

  Não sabemos o dia de amanhã, mas sabemos o que podemos fazer hoje pelo amanhã de outras pessoas.

   Lanço aqui um desafio, sigam o link do centro de histocompatibilidade e leiam o que la está escrito, informem-se e, se realmente pensarem bem, inscrevam-se e aguardem. Não perdem nada porque podem desistir a qualquer momento, mas podem ganhar muito. Porque a ajudar ganha-se. Eu já me inscrevi, e vocês? Quantas mais pessoas têm que ser condenadas ao segundo caminho?

Amadeu Martins

Link do inquérito: http://www.chsul.pt/inscricao_inq.htm

Link do Centro de Histocompatibilidade: http://www.chsul.pt/



Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


É hora de caminhar...
Acabadinhos de fazer

O pouco que pode ser tant...

Caminha-se melhor com música
Encontre o caminho
 
Caminha-se melhor com música
blogs SAPO