outroscaminhos @ 15:46

Seg, 09/02/09

           Acordamos, vamos para o trabalho, trabalhamos, voltamos para casa, jantamos, fazemos algumas tarefas que não tivemos oportunidade de realizar durante o dia, e por fim deitamo-nos. São estas e outras tarefas que realizamos ao longo de dias, mesmo sem qualquer vontade, e que nos deixam sem nenhum sentido para a vida.

    Porque não trocar as voltas à rotina? Porque não fazer o que realmente nos apetece dentro do leque do que temos obrigatoriamente de fazer e do que não temos? Porque é que antes de vivermos a vida deixamos que esta passe por nós? Tantas vezes sentimos a obrigação de ter de fazer algo, mas que não nos dá prazer naquele momento e quando terminamos a tarefa o resultado não foi nenhum. Há pelo menos uma estratégia: fugir das programações diárias, sermos espontâneos nem que seja apenas uma vez numa semana rotineira.
    Farto de estudar para frequências saio agora da rotina que me estava a frustrar. Que bem que sabe fazer o que realmente queremos e que nos deixa optimistas, felizes, e a respirar de alivio! Com isto não quero dizer que uma certa rotina nos faça mal, mas em exagero nunca nada fez bem.
    Vamos pelo menos hoje fugir da rotina? Deixo aqui o desafio!
 
Tiago Mendes
 



outroscaminhos @ 12:47

Sab, 17/05/08

 

          Há projectos e trabalhos que nos marcam para sempre. O trabalho de Área de Projecto que desenvolvemos ao longo do ano foi, sem margem para dúvida, um desses projectos marcantes.

         A escolha do tema foi quase instintiva: era mesmo aquilo que queríamos, era aquilo que nos interessava, era aquele tema que estávamos dispostos a explorar de forma dinâmica e com muita vontade.

        Ao longo do ano o trabalho não foi fácil, mas a nossa vontade e o nosso gosto por aquilo em que estávamos a trabalhar era tanto que conseguimos sempre ultrapassar tudo.

       O trabalho de voluntariado que fizemos foi incrível e marcou-me de uma forma única trazendo-me uma satisfação pessoal que não esperara no início. Todas as experiências com as crianças foram fantásticas e nunca serão esquecidas.

       Este trabalho ensinou-nos muito: ensinou-nos a nunca desistir daquilo em que acreditámos, ensinou-nos que o sonho aliado ao trabalho e ao esforço se pode realizar, ensinou-nos a ter paciência e a acreditar que somos capazes, ensinou-nos a nunca baixar a cabeça e a orgulharmo-nos sempre quando fazemos o que está certo. Este trabalho ensinou-nos que TUDO VALE A PENA.

       Com este trabalho crescemos e aprendemos coisas muito importantes que nos serão muito úteis no nosso futuro. Fizemos um óptimo trabalho e nada pode esbater o orgulho que temos em nós mesmos.

 

 

Ana Silva


sinto-me: muito realizada

Depois de concluirmos uma etapa, e porque a vida não pára, chegam novas aventuras e novas descobertas por novos caminhos....
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


É hora de caminhar...
Acabadinhos de fazer

Rotinas

Tudo vale a pena

Caminha-se melhor com música
Encontre o caminho
 
Caminha-se melhor com música
blogs SAPO